Útero Retrovertido ou Virado: Sintomas e Como Engravidar

O que é útero retrovertido?

Útero retrovertido, útero em retroversão, útero inclinado, útero para trás e útero virado, são todos termos com a mesma significância e se referem a um útero que é inclinado para trás em direção à parte de trás da pélvis.

Médicos também podem usar os seguintes termos: retroversão do útero, retroversão uterina sintomática, reflexão do útero, entre outros.

tratamento para engravidar

O útero é um órgão oco, em forma de pêra, onde ocorre o desenvolvimento do feto. Um útero normal é totalmente vertical e reto, porém, algumas mulheres têm o útero retrovertido.

utero-retrovertido

O que causa o útero retrovertido?

O útero retrovertido pode ocorrer por algumas razões, incluindo:

– Quando a menina cresce, o útero pode não se mover em uma posição de frente.
– Um parto pode inclinar o útero, para frente ou para trás. Se os ligamentos que seguram o útero se alongarem, ou perderem sua tensão durante a gravidez, o útero pode se tornar inclinado. Na maioria dos casos o útero retorna à sua posição de frente depois do parto.
– Cicatrizes resultantes de endometrioses ou miomas também podem inclinar o útero.

Quais são os sintomas de útero virado?

Algumas mulheres simplesmente não apresentam quaisquer sintomas. Entretanto, os principais sintomas de útero virado são:

– Dores durante a relação sexual ou dispareunia.
– Dor durante a menstruação ou dismenorréia.

Outros sintomas podem incluir:

– Dor nas costas durante a relação sexual.
– Infecções do trato urinário.
– Problemas de fertilidade.

Como um útero retrovertido é diagnosticado?

Seu médico pode realizar um exame físico simples para determinar se você tem um útero virado. Isto pode ser feito durante um exame ginecológico de rotina. Se você suspeitar que tenha um útero virado, discuta o assunto com seu médico.

Tratamento para útero retrovertido

Se você tem útero virado e está experimentando os sintomas, seu médico poderá recomendar uma cirurgia para reposicionamento do útero. A suspensão uterina pode reduzir a dor experimentada durante a relação sexual e menstruação.

O procedimento de elevação do útero é um método novo e melhorado para a realização de uma suspensão uterina, e tem provado ter menos complicações de pós-operatório do que outros procedimentos de suspensão uterina.

Um útero virado também pode ser reposicionado por:

– Exercícios físicos, onde a mulher flexiona seus joelhos em direção ao seu peito, que podem ajudar a reposicionar um útero virado temporariamente. No entanto, este exercício não será eficaz se o útero se tornou virado por causa de endometriose, miomas ou infecções pélvicas.
– Pessários, que são um tipo de plástico ou dispositivo de silicone que é colocado na vagina para se reposicionar um útero virado. Essa é geralmente considerada uma solução temporária para a dor, pois o longo uso pode causar infecções vaginais.

Quem tem o útero virado pode engravidar?

Normalmente, um útero virado só é pensado para ser a causa da infertilidade após todas as outras possíveis razões para problemas de fertilidade terem sido excluídas. O seu médico poderá recomendar uma suspensão uterina ou procedimento de elevação se não haver outra explicação para os seus problemas de fertilidade. No entanto, isto não é comum.

feto-no-utero

Como um útero retrovertido pode afetar a gravidez?

Geralmente entre a décima e a décima segunda semana de gestação, o útero não mais estará virado, oque pode não causar dificuldade para gravidez ou o parto, porém, se o útero não se mover para uma posição de “meio”, o aborto pode ocorrer, mas é muito raro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *