Histerossalpingografia: Ajuda a Engravidar? Onde Fazer?

O Blog Não Consigo Engravidar lhe explica:

O que é Histerossalpingografia?

Um dos exames que é empregado na rotina da investigação do fator feminino na esterilidade é a histerossalpingografia, “histero” vem do grego e significa “útero”, “salpingo” vem do latim e significa “trompa”, e “grafia” é o termo para “escrever”, ou seja, a histerossalpingografia é o exame que estuda o interior do útero e das trompas.

tratamento para engravidar

Histerossalpingografia ajuda a engravidar?

exame-histerossalpingografiaIsso é muito importante porque em alguns casos a causa da esterilidade está justamente aí, algumas pacientes podem sofrer infecções sexualmente transmissíveis, muitas vezes sem sintoma nenhum, e desenvolver com a inflação leve das trompas uma cicatriz interna que dificulta depois o transporte do ovo e do espermatozoide para que este encontre o óvulo, então pacientes que tem problemas nas trombas, podem ter uma dificuldade para engravidar porque o transporte do espermatozoide e do ovo dentro do corpo da mulher não se faz de maneira normal, um exame que detecta essa alteração é a histerossalpingografia.

Eventualmente a paciente pode até ter problemas nas trombas, sem que isso seja um problema para que ela possa engravidar, nem sempre quando o exame está anormal significa que a paciente obrigatoriamente não irá conseguir engravidar, o exame estando anormal apenas significa que a paciente pode vir a ter dificuldades.

Histerossalpingografia dói?

A histerossalpingografia não é um exame dos mais agradáveis, sendo invasivo, no exame a paciente permanece na posição ginecológica, e então é injetado contraste dentro de seu útero, posteriormente o contraste irá aparecer no raio-x para se averiguar como está a parte interna do útero e das trompas. Muitas pacientes reclamam que o exame é doloroso e dá cólicas, porém, feito de maneira delicada, ele é perfeitamente tolerável, e é um exame que é muito importante na investigação do casal estéril.

histerossalpingografia-ajuda-a-engravidar

Quando há um problema nas trompas, uma das soluções que o casal pode escolher é fazer a fertilização in vitro, onde se recolhe um óvulo da mulher, um espermatozoide do homem, faz o encontro do óvulo com o espermatozoide em um tubo de ensaio, e uma vez que o embrião está presente naquele meio de cultura, coloca-se ele dentro do útero de uma maneira artificial. A fertilização in-vitro resolve o problema das pacientes que tem grandes problemas nas trompas.

>> Clique aqui para conhecer um tratamento natural para combater a infertilidade <<

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *