Ervas para Engravidar – Chá para Engravidar

Ervas e chás para engravidar rápido

O chá verde é um ótimo estimulante do muco cervical, e pode ser consumido do primeiro dia do ciclo até o dia da ovulação, de 2 a 3 vezes por dia. Se consumido depois da ovulação ele eventualmente pode prejudicar seu ciclo.

O chá das folhas de framboesa vermelha pode ser consumido cha-das-folhas-de-framboesa-vermelhadurante todo o ciclo menstrual, e irá prevenir abortos espontâneos e melhorar os seus processos de secreção durante a fase lútea, que é a fase após a ovulação onde a progesterona estará sendo secretada para o útero, e é a progesterona que irá engrossar o endométrio para a posterior fixação do embrião.

tratamento para engravidar

Se você mulher, não tem vontade de namorar e está sem libido, talvez sua testosterona esteja baixa, e você pode recorrer ao tribulus terrestris para aumenta-la, tomando 1 cápsula por dia até o dia da ovulação, porém, mulheres que tem ovário policístico não devem utilizar o tribulus.

A raíz da doca amarela atua no tratamento de sangramentos intensos, e é indicada para quem tem mioma ou endometriose, e também funciona muito bem para quem tem anemia.

A garrafada para engravidar, uma mistura de romã, gengibre e vinho branco, segundo crença popular, ajuda a eliminar cistos no ovário, e a água inglesa,  é um fitoterápico que ajuda a limpar o útero.

damianaA erva Damiana age semelhantemente a água inglesa, ou seja, faz uma verdadeira limpeza em seu útero, eliminando hormônios da pílula, porém jamais deve ser utilizada por tentantes, ou seja, pessoas que estão em um ciclo tentando engravidar, justamente por ser dificultar a absorção de progesterona, o que não permitirá que seu endométrio fique espesso o suficiente para a implantação do embrião, além de poder causar abortos espontâneos.

O chá de amora não age estimulando a ovulação, mas auxilia na limpeza do ovário, oque favorece para que a ovulação ocorra de forma normal.

Para quem tem ovário policístico

Evite tribulus terrestris.

A dobradinha formada pelas plantas Vitex agnus-castus e Maca Peruana é a melhor solução, podendo ser utilizada durante todo o ciclo menstrual. A Vitex é geralmente comprada na forma de folha seca para fazer chá, na proporção de 1 colher de sopa para 200ml de água, sendo tomado 2 vezes ao dia, a primeira vez em jejum no período da manhã, e a segunda pela tarde ou pela noite. A Maca ajuda na absorção de progesterona e na regulação hormonal.

A bardana é uma boa alternativa à metformina, porém, deve ser utilizada somente até a ovulação.

inhameO inhame na forma de chá, cápsulas, elixir ou cozido pode ser consumido.

O chá da folha da framboesa vermelha não tem contra indicação para síndrome de ovário policístico e pode ser tomado, sendo ótimo principalmente para as mulheres com problema na fase lútea, o chá irá atuar prolongando a fase lútea, além de auxiliar na produção de progesterona e na melhor forma de secretar o endométrio.

Como saber se tenho problema na fase lútea?

O problema é verificado em casos que, depois da ovulação, a menstruação ocorre muito antes dos 14 dias, uma fase lútea normal tem de 12 a 14 dias, menos do que 12 dias há uma deficiência na fase lútea.

Resumindo:

Antes da ovulação: inhame, chá verde, ômega 3, ômega 6 e ácido fólico. O tribulus terrestres pode ser utilizado por mulheres e homens com baixa testosterona, no caso das mulheres, deve ser utilizado antes da ovulação e apenas pelas que não tem síndrome de ovário policístico.

Depois da ovulação: abacaxi.

Durante todo o ciclo: Vitex agnus-castus e chá das folhas de framboesa vermelha.

>> Clique aqui para conhecer o tratamento natural de gravidez da Sílvia Leal <<

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *